terça-feira, 29 de janeiro de 2013

09 - Fanny e Alexander (Fanny och Alexander) – Suécia (1982)



Direção: Ingmar Bergman
Os membros de uma família rica são vistos por duas crianças (a Fanny e o Alexander do título), durante uma suntuosa comemoração de Natal. Aos poucos o clima terno é subvertido por temas mais sombrios, como tormentos do sexo, silêncio de Deus, a consciência do pecado. Obra-prima de Bergman, que concebeu o filme como minissérie de TV, com a duração aproximada de cinco horas (e cinco capítulos). O próprio diretor fez a montagem para o cinema, reduzindo o material para pouco mais de três horas. Vencedor dos Oscars de melhor filme estrangeiro, fotografia, roteiro original, direção de arte e figurinos.

Desde que o mundo é mundo a imaginação sempre foi um dos melhores refúgios para escapar de realidades dolorosas ou incompreensíveis. Com o passar dos séculos, a arte também foi servindo como escape humano às perversidades ocorridas ao redor.
Fanny e Alexander mistura esses dois ingredientes.
De um lado, a fantasia de uma criança (representação auto-biográfica do diretor) que cria um universo particular ao dialogar com “espíritos do bem”. Alexander vê sua vida se transformar completamente ao sair de um seio estável e viver com seu novo padrasto, opressor e rigidamente religioso. A angústia e confinamento do garoto é o combustível para ele buscar na imaginação o seu próprio escape.
Já a arte parte do próprio fazer de Bergman. A relação do indivíduo com a morte e a religião (e os medos que cada uma desperta) é recorrente em seus filmes. E esses dois elementos também foram marcantes na vida e infância do próprio diretor, sobretudo pela rígida educação aplica pelo seu pai, um pastor luterano que costumava surrar e humilhar o garoto.
Se na infância, Bergman se apegava à sua própria imaginação (tal como Alexander, sua auto-representação),  foi no cinema que o diretor pôde extravasar todas as suas angústias e dilemas que amarguraram a sua juventude. Foi a imaginação provocada pela dura realidade que abasteceu suas melhores obras.
Fanny e Alexander foi o último trabalho de Bergman para o cinema. Não poderia ter havido melhor síntese de sua vida e obras do que esse filme!


Download:

Pacote de legendas:
Legenda em português
English subtitle

4 comentários:

  1. Olá, amigo.

    Um dos amigos do Cine notou que ao acionar "o arquivo .EXE... o Uploading sugere a instalação de dois outros programas (opcional), antes de baixar o torrent, basta declinar destas instalações no canto esquerdo. Logo depois o download ocorre normalmente. Acho que é uma estratégia de "marketing" do site".

    Ou seja, ao executar o aplicativo abrirá uma janela com o nome do arquivo do filme, tecle Next; uma nova janela sugere a instalação de um programa, tecle no canto baixo esquerdo da janela no "pálido" Decline; abrirá outra janela para instalação de software, tecle no canto baixo esquerdo "Decline" e finalmente o arquivo Torrent e Legenda (RAR) será baixado.

    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Vi este filme várias vezes, mas isso lá pras bandas dos anos 80. Tá na hora de rever. Mui grata por essa relíquia.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir